Questões sobre Sistema Digestivo (Sistema Digestório)

Questões sobre Sistema Digestivo (Sistema Digestório) – COMENTADAS!

Nesta página você encontrará várias questões resolvidas e comentadas sobre sistema digestório.

O sistema digestivo (digestório) possui origem endodérmica e é formado por boca, faringe, esôfago, estômago, intestinos e ânus, além das glândulas anexas: salivares, pâncreas e fígado. O assunto possui elevada incidência em provas de vestibulares de todo país.

Ao estudar o assunto, o candidato deve analisar os esquemas do sistema digestivo de modo a reconhecer os órgãos e a função de cada um deles no processo digestivo. É importante ter uma boa noção das enzimas envolvidas no processo da digestão, onde são produzidas, onde atuam e, em alguns casos, o pH ideal.

Eventualmente, aparece alguma questão envolvendo controle hormonal do processo digestivo. Não deixe de estudá-lo.

Propusemos várias questões envolvendo esses tópicos. Bons estudos e sucesso nas provas!

01)  (Unifagoc/2020 – Medicina) A presença do alimento na cavidade bucal, bem como a visão e o paladar levam o sistema nervoso central a estimular glândulas salivares a secretar saliva, que é responsável por neutralizar substâncias ácidas presentes no alimento. Além de sais, muco e outras substâncias, a saliva contém ptialina, uma enzima responsável por:
A) Quebrar em fragmentos menores o lipídeo e o glicogênio do alimento.
B) Digerir proteínas, quebrando as ligações peptídicas de certos aminoácidos.
C) Quebrar lipídios e proteínas presentes no alimento em fragmentos menores.
D) Quebrar moléculas de amido e glicogênio do alimento em fragmentos menores.

02) (Enem 2015 – 2ª aplicação) Uma enzima foi retirada de um dos órgãos do sistema digestório de um cachorro e, após ser purificada, foi diluída em solução fisiológica e distribuída em três tubos de ensaio com os seguintes conteúdos:

Tubo 1: carne

Tubo 2: macarrão

Tubo 3: banha

Em todos os tubos foi adicionado ácido clorídrico (HCl), e o pH da solução baixou para um valor próximo a 2. Além disso, os tubos foram mantidos por duas horas a uma temperatura de 37 °C. A digestão do alimento ocorreu somente no tubo 1.

De qual órgão do cachorro a enzima foi retirada?
A) Fígado.
B) Pâncreas.
C) Estômago.
D) Vesícula biliar.
E) Intestino delgado.

O prof. Evandro Marques resolveu  ”de brinde” para nós uma questão sobre sistema digestório que apareceu no vestibular da Unesp em 2015.  Trata-se de uma questão que envolve análise gráfica de proteínas, inclusive. Clique no vídeo e veja a solução e os comentários. ? ?

03) (UNIFIPMoc/2021-2) Tati, 46 anos, sedentária, vem apresentando, há alguns meses, intensa dor do lado direito superior do
abdome que se irradia para a parte de cima da caixa torácica e para as costelas. Nos últimos dias, a dor veio acompanhada de febre, náuseas e vômito. Após realização de exames, foi diagnosticada presença de cálculos nas regiões anatômicas indicadas na imagem:

A doença apresentada vai comprometer a digestão e a absorção de:
A) carboidratos e lipídios, apenas.
B) proteínas, carboidratos, lipídeos e ácidos nucleicos.
C) carboidratos, apenas.
D) proteínas e carboidratos, apenas.
E) lipídios, apenas.

04) (UFSJ) A digestão ocorre através da mistura dos alimentos, do movimento destes ao longo do tubo digestivo e da decomposição química de grandes moléculas de alimento para moléculas menores. Considerando-se que o processo químico se diferencia para cada tipo de alimento, é CORRETO afirmar que:

A) no estômago inicia-se a digestão das proteínas, que se finaliza no intestino delgado pela atuação do suco pancreático e secreções biliares.
B) o amido ingerido presente nos pães e nos legumes é decomposto por enzimas presentes na saliva, no suco gástrico e no intestino delgado.
C) a parte não digerida, que são as fibras e restos celulares da mucosa do intestino, é conduzida ao cólon, mantendo-se lá até ser expelida.
D) os ácidos biliares produzidos no fígado atuam diretamente sobre as gorduras permitindo a ação das enzimas gástricas, transformando-as em moléculas menores de ácidos graxos e colesterol.

05) (Unifor)  Uma pessoa fez uma refeição da qual constavam as substâncias I, II e III. Durante a digestão ocorreram os seguintes processos: na boca iniciou-se a digestão de II; no estômago iniciou-se a digestão de I e a de II foi interrompida; no duodeno ocorreu digestão das três substâncias. Com base nesses dados, é possível afirmar corretamente que I, II e III são, respectivamente,

A) carboidrato, proteína e lipídio.
B) proteína, carboidrato e lipídio.
C) lipídio, carboidrato e proteína.
D) carboidrato, lipídio e proteína.
E) proteína, lipídio e carboidrato.

06) (FCMSC-SP/2020) A crença de que o colágeno presente na gelatina dá mais firmeza à pele é irreal, uma vez que essa substância

A) não é digerida em peptídeos ao passar pelo estômago e pelo duodeno, sendo eliminada, sem modificação química, nas fezes humanas.
B) é absorvida pelo intestino delgado e não se fixa necessariamente na pele humana, podendo se fixar nos tendões e nos discos intervertebrais.
C) desnatura-se durante o preparo industrial e as enzimas dos sucos digestivos não apresentam sítios ativos que reconheçam a molécula desnaturada.
D) não é constituída por monômeros orgânicos para se transformar na matéria-prima que poderia ser utilizada na síntese da proteína na pele humana.
E) é digerida pelas enzimas gástricas e intestinais, e os aminoácidos obtidos dessa digestão serão matéria-prima para sintetizar outros tipos de proteínas.

07) (Enem/2020 PPL)   Há algumas décadas, surgiu no mercado um medicamento que provocava perda de peso por inibir a ação da lipase, enzima que atua no intestino na digestão de gorduras. Um pesquisador, com o objetivo de avaliar a eficácia do medicamento, decidiu medir nos pacientes a quantidade de gordura nas fezes e de triglicerídeos (um dos produtos da digestão das gorduras) no sangue.
Mantendo sempre a mesma dieta nos pacientes, fez as medidas antes e depois da administração do medicamento. A figura apresenta cinco resultados possíveis.

O efeito esperado do medicamento está representado no resultado
A) 1.
B) 2.
C) 3.
D) 4.
E) 5.

08) (Enem/2018)  Para serem absorvidos pelas células do intestino humano, os lipídios ingeridos precisam ser primeiramente emulsificados. Nessa etapa da digestão, torna-se necessária a ação dos ácidos biliares, visto que os lipídios apresentam natureza apolar e são insolúveis em água.

Esses ácidos atuam no processo de modo a
A) hidrolisar os lipídios
B) agir como detergentes
C) tornar os lipídios anfifílicos
D) promover a secreção de lipases
E) estimular o trânsito intestinal de lipídios.

09) (UFU) O processo de digestão nos humanos é composto por duas fases: uma mecânica, na qual a correta mastigação é essencial, e outra enzimática, controlada por hormônios da digestão. Sobre estes hormônios, analise as afirmações a seguir e marque a alternativa correta.

A) As gorduras parcialmente digeridas, presentes no quimo, estimulam as células do duodeno a liberarem o hormônio secretina, que provoca a eliminação da bile pela vesícula biliar.
B) A acidez do quimo, que chega ao duodeno, estimula certas células da parede intestinal a liberar, especialmente, o hormônio colecistoquinina, que agirá no pâncreas, estimulando-o a liberar, principalmente, bicarbonato de sódio.
C) A secreção do suco gástrico é estimulada por impulsos nervosos e pelo hormônio gastrina, produzido no estômago.
D) A digestão de proteínas inicia-se no estômago e completa-se no duodeno por ação de três proteases secretadas pelo pâncreas: enteroquinase, pepsina e procarboxipeptidase.

10) (UFMG) A doença celíaca consiste em um distúrbio inflamatório do intestino delgado, que ocorre em indivíduos com sensibilidade ao glúten e à ingestão de trigo, centeio ou cevada.

Analise estas duas figuras, em que está representada uma região do intestino delgado em um indivíduo normal – I – e em um indivíduo com doença celíaca – II

Considerando-se a alteração estrutural representada na Figura II, é INCORRETO afirmar que indivíduos portadores de doença celíaca podem apresentar

A) baixa produção de hemoglobina.
B) diminuição da densidade mineral óssea.
C) aumento da absorção de água.
D) retardo do crescimento corporal.

11) (Unimontes) Aparelho digestivo ou sistema digestório, como recomenda a nova nomenclatura, é composto de uma série de órgãos tubulares interligados, formando um único tubo que se estende desde a boca até o ânus.

Alguns órgãos que compõem esse sistema estão evidenciados na figura abaixo. Observe-a:

Considerando a figura e o assunto abordado, analise as alternativas abaixo e assinale a QUE REPRESENTA o órgão em que é produzida a enzima pepsina.

A) II
B) III
C) IV
D) I

12) (Etec/2018) Um professor de Biologia explicou aos seus alunos que após a mastigação, o alimento é engolido e passa para a faringe e, depois, para o esôfago. Nesse momento, uma pequena estrutura de cartilagem que funciona como uma “válvula” recebe estímulo nervoso para obstruir a entrada da laringe e impedir que o alimento siga pelo sistema respiratório. Quando ocorre um descontrole dos reflexos que fecham a laringe, nós engasgamos, mas um novo reflexo provoca tosse e ajuda a desobstruir o sistema respiratório.

O nome da estrutura de cartilagem descrita pelo professor é

A) epiglote.
B) cárdia.
C) piloro.
D) glote.
E) ceco.

13) (PUC-MG) A seguir estão representados os tubos digestórios de dois diferentes animais.

De acordo com seus conhecimentos sobre nutrição e sistemas digestórios de vertebrados, é INCORRETO afirmar:

A) A digestão de proteínas, de origem animal ou vegetal, inicia-se no estômago e deve terminar no intestino delgado, onde ocorre a absorção dos aminoácidos.
B) No intestino grosso dos dois animais, ocorre reabsorção de água e de alguns sais.
C) O grande tamanho do ceco do herbívoro quando comparado ao do carnívoro relaciona-se com o aproveitamento da celulose.
D) Devido à grande quantidade de fibras vegetais na sua dieta, os herbívoros representados são ruminantes.

14) (UNIFESP) Parte da bile produzida pelo nosso organismo não é reabsorvida na digestão. Ela se liga às fibras vegetais ingeridas na alimentação e é eliminada pelas fezes.
Recomenda-se uma dieta rica em fibras para pessoas com altos níveis de colesterol no sangue.
A) Onde a bile é produzida e onde ela é reabsorvida em nosso organismo?

B) Qual é a relação que existe entre a dieta rica em fibras e a diminuição dos níveis de colesterol no organismo? Justifique.

15) (UERJ) Apenas as moléculas mais simples dos alimentos podem ser eficientemente absorvidas pelo intestino. Assim, a maior parte dos alimentos ingeridos, para ser aproveitada pelo corpo, precisa ser quimicamente processada por hidrólise. O quadro a seguir relaciona algumas propriedades de quatro classes de hidrolases encontradas na cavidade do tubo digestório, todas com faixa de pH ideal entre 7,0 e 8,0.

Identifique uma enzima correspondente a cada classe, indicando os seus respectivos produtos.

16) (UFOP) O esvaziamento gástrico excessivamente rápido pode levar à formação de uma úlcera duodenal. Já a regurgitação do conteúdo duodenal pode contribuir para a formação das úlceras gástricas.
Em relação à afirmação acima, responda:

A) A afirmação é verdadeira? Justifique sua resposta.

B) Comente o controle hormonal da digestão no estômago e no intestino.

Gabarito das Questões sobre Sistema Digestivo

01) A ptialina (amilase salivar) é uma enzima que quebra o amido e o glicogênio em dextrinas e, na sequência, em maltose.
Resp.: D

02) Houve digestão de carne em meio ácido. Isso acontece no estômago, onde a enzima pepsina promove a digestão de proteínas em pH próximo a 2,0.
Resp.: C

03) A vesícula biliar armazena a bile, responsável pela emulsificação das gorduras, facilitando sua digestão pelas lipases.
Com a obstrução do esfíncter de Oddi, as secreções da vesícula biliar e do pâncreas não chegarão ao duodeno. Como o pâncreas produz enzimas relacionadas com a digestão de proteínas, lipídios, carboidratos e ácidos nucleicos, estes grupos de compostos químicos terão a digestão prejudicada e, consequentemente, a absorção das unidades que os compõem.
Resp.: B

04) As proteínas têm a digestão iniciada no intestino delgado, por ação da pepsina. No duodeno (1ª porção do intestino delgado) continua a digestão de proteínas por ação da tripsina e da quimiotripsina, produzidas pelo pâncreas. Já no jejuno-íleo tem o término da digestão de proteínas por ação das aminopeptidases, presentes no suco entérico.
Resp.: A

05) A substância que iniciou a digestão na boca é amido (II é carboidrato); I é proteína (digestão iniciando no estômago) e III é lipídio (no duodeno há digestão de carboidratos, de lipídios e de proteínas).
Resp.: B

06) O colágeno é uma proteína que sofre digestão no intestino humano. Dessa forma, quando se ingere tal proteína ela será digerida e os  aminoácidos que a compõem serão usados na biossíntese de outras proteínas do indivíduo.
Resp.: E

07) Se o medicamento impede a ação de lipases, a digestão de gorduras será comprometida. Espera-se, assim, uma maior quantidade de gorduras nas fezes após a administração do medicamento.
Com relação aos triglicérides no sangue, esse valor deverá diminuir, uma vez que com a menor digestão de gorduras, haverá menor absorção de triglicérides.
Resp.: A

08) Os sais biliares atuam como detergentes, transformando a gordura em pequenas gotículas que formam uma emulsão com a água. A ação dos sais biliares, dessa forma, contribui para a ação das lipases.
Resp.: C

09) 
A) Falsa. As gorduras presentes no quimo estimulam o duodeno a produzir colecistocinina (pancreozimina), que atuará na vesícula biliar estimulando a liberação de bile.
B) A acidez do quimo estimula o duodeno a produzir secretina, que age no pâncreas estimulando a secretar suco pancreático (rico em bicarbonato) e sobre o fígado, estimulando-o a produzir bile.
C) Correta.
D) As proteases são: pepsina (produzida pelas células principais das glândulas estomacais), a tripsina e a quimiotripsina (ambas produzidas pelo pâncreas).
Resp.: C

10) A doença celíaca, conforme mostrado na figura, tem como características a redução das vilosidades intestinais. Em decorrência dessa redução, reduz também a absorção de nutrientes, o que traz como consequências a anemia (devido à baixa produção de hemoglobina, por menor absorção de ferro), baixa estatura, osteopenia e osteoporose…
Resp.: C

11) A pepsina é produzida pelo estômago, indicado por III.
Resp.: B

12) A estrutura cartilaginosa responsável pela obstrução da abertura da laringe, durante a deglutição, é a epiglote.
Resp.: A

13) Os ruminantes apresentam estômago dividido em 4 câmaras (rúmen, retículo, omaso e abomaso).
Resp.: D

14)
A) A bile é produzida no fígado e, posteriormente, reabsorvida no intestino delgado.
B) As fibras provocam uma eliminação maior da bile, portanto, mais colesterol é requerido pelo fígado para a síntese da bile. Neste caso, há uma redução do colesterol circulante.

15)
Classe A – enzima: amilase salivar (ptialina) ou amilase pancreática (amilopsina); produto: maltose.
Classe B – enzima: tripsina, quimotripsina ou peptidases; produtos: peptídios e aminoácidos.
Classe C – enzima: lactase; produtos: glicose e galactose.
Classe D – enzima: lipase pancreática; produtos: di e monoacil gliceróis, ácidos graxos e glicerol.

16)
A) A primeira afirmativa sim, pois, o conteúdo estomacal é muito ácido e, assim, pode haver formação de feridas na mucosa duodenal pela ação do suco gástrico, rico em HCl.
A segunda afirmativa é falsa, pois, o conteúdo duodenal tem caráter básico, devido à presença de bicarbonato presente no suco pancreático que é lançado no duodeno.
B) A chegada do bolo alimentar ao estômago estimula a secreção de gastrina, hormônio produzido pela parede estomacal. Esse hormônio estimula a secreção de HCl pelo estômago, além de aumentar a motilidade gástrica.
A chegada de HCl ao intestino delgado o estimula a secretar o hormônio secretina, o qual estimula a secreção do suco pancreático, contendo bicarbonato. Além disso, inibe a motilidade estomacal.
A chegada de gorduras e peptonas no intestino delgado o estimula a produzir pancreozimina (colecistocinina). Esse hormônio estimula a liberação de enzimas pancreáticas e, também, estimula a liberação de bile pela vesícula biliar.
A presença de gorduras no duodeno também estimula a produção de enterogastronas (hormônio inibidor gástrico) pelo intestino delgado, hormônio que inibe a motilidade gástrica.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.