Questões sobre Raiz, Caule e Folha

Por Atualizado em 23/06/2019 12:22

01) (IFRS/2016-2) Associe corretamente o bloco 2 ao bloco 1, de forma a estabelecer a relação correta entre as funções e as regiões de uma raiz de angiosperma.

Bloco 1
(1) Região meristemática
(2) Região suberosa
(3) Região pilífera
(4) Região de distensão

Bloco 2
( ) região de alongamento celular
( ) região de multiplicação celular
( ) absorção de água e de sais minerais
( ) formação de raízes secundárias

A sequência correta de preenchimento dos parênteses, de cima para baixo, é
A) 2 – 3 – 4 – 1
B) 4 – 3 – 1 – 2
C) 1 – 2 – 3 – 4
D) 4 – 1 – 3 – 2
E) 2 – 1 – 3 – 4

02) (UFRGS/2017) Em relação às raízes de Angiospermas, é correto afirmar que:

A) são as responsáveis pela nutrição orgânica das plantas.
B) absorvem macronutrientes como o manganês (Mn).
C) têm o câmbio fascicular como o responsável pelo crescimento em altura.
D) apresentam epiderme e mesofilo altamente diferenciado.
E) têm pelos absorventes como os principais responsáveis pela absorção de água e sais minerais

03) (CEFET-MG) As raízes que se desenvolvem em locais alagadiços como os mangues, crescem verticalmente, emergindo da água e possuem poros para a absorção de oxigênio atmosférico. Elas denominam-se
A) escoras.
B) tabulares.
C) adventícias.
D) fasciculadas.
E) pneumatóforas.

04) (Cefet-MG/2018) O nitrogênio é essencial a todos os seres vivos e a produtividade de alimentos está ligada à disponibilidade desse elemento químico.
Apesar de ser abundante na atmosfera em sua forma gasosa, poucos seres vivos conseguem incorporá-lo diretamente.

Os organismos autotróficos clorofilados realizam esse processo por meio da(s)
A) reações da fotossíntese.
B) captura direta pelas folhas.
C) absorção de sais pelas raízes.
D) digestão de matéria orgânica

05) (UECE/2017) As raízes das angiospermas podem apresentar especializações que permitem classificá-las em diversos tipos. É correto afirmar que as raízes
A) escoras apresentam um revestimento chamado velame, uma epiderme multiestratificada.
B) respiratórias ou pneumatóforos são adaptadas à realização de trocas gasosas que ocorrem nos pneumatódios.
C) tuberosas possuem o apreensório para se fixarem ao hospedeiro e de onde partem finas projeções, os haustórios.
D) sugadoras armazenam reservas nutritivas, principalmente o amido, e por isso apresentam grande diâmetro.

06) (UFSC/2018) Na maioria das plantas, a folha é o principal órgão fotossintético. As estruturas histológicas de uma folha vegetal são mostradas esquematicamente na figura abaixo.

Sobre as estruturas foliares, é correto afirmar que:
01) as plantas xerófitas podem apresentar a epiderme com várias camadas de células.
02) a cutícula facilita a troca gasosa entre a epiderme e o ar atmosférico.
04) a epiderme superior, por receber diretamente a luz do sol, possui maior quantidade de cloroplasto em relação aos outros tecidos.
08) em todas as estruturas histológicas de uma folha ocorre fotossíntese.
16) os estômatos selecionam o CO2, que é utilizado na fotossíntese, e o N2, que é utilizado na formação das proteínas e dos ácidos nucleicos.
32) a folha é um órgão formado por vários tecidos vegetais.
64) as folhas como a representada no esquema são encontradas nas Briófitas, nas Pteridófitas, nas Gimnospermas e nas Angiospermas.

07) (UEL) As plantas vasculares colonizaram a paisagem terrestre durante o período Devoniano Inferior, há cerca de 410 e 387 milhões de anos. A ocupação do grande número de habitats demandou uma grande variedade de formas e adaptações nas plantas.

Com base na morfologia dos diferentes tipos de caules, assinale a alternativa que contém caules adaptados à reprodução assexuada e à fotossíntese, respectivamente:
A) Rizoma e Bulbo
B) Colmo e Bulbo
C) Estolão e Rizoma
D) Cladódio e Estolão
E) Estolão e Cladódio.

08) (UFSCar/2015) A figura ilustra raízes e ramos com folhas os quais brotam a partir de uma batata. Dessa forma, tal órgão vegetal pode ser utilizado tanto para o plantio agrícola como para o plantio visando a decoração de um ambiente doméstico:

A capacidade de gerar novas porções vegetais, sejam ramos, folhas ou raízes, indica que a batata é
A) uma raiz com gemas laterais capazes de se desenvolverem.
B) uma raiz cujos tecidos mais centrais são capazes de se desenvolverem.
C) um caule com gemas laterais capazes de se desenvolverem.
D) um caule cujos tecidos mais centrais são capazes de se desenvolverem.
E) um fruto cuja semente é capaz de se desenvolver.

09) (UPE/2016) O coqueiro, Cocus nucifera, é uma das espécies de palmeira com maior distribuição na zona tropical, por causa de sua pouca exigência nutricional e de sua facilidade em se dispersar pelos mares e ter um sistema de sustentação resistente aos fortes ventos e ao solo arenoso do litoral. O seu caule apresenta nós e entrenós bem visíveis, mas com folhas apenas no ápice que, por sua vez, é classificado como

A) haste
B) bulbo
C) colmo
D) estipe
E) tubérculo

10) (Faminas/2017) A castanheira-do-pará e a mangueira são exemplos de árvores que apresentam em comum: caule aéreo, ereto, com ramificações, nós e entrenós pouco evidentes. Essas características descrevem um caule ereto do tipo
A) bulbo.
B) estipe.
C) colmo.
D) tronco.

11) (UCPel/2015) As quatro partes básicas que uma folha pode apresentar são uma lâmina foliar, um pedúnculo, uma expansão basal, que reveste o caule, e projeções filamentosas ou lâminas. Essas partes da folha são chamadas, respectivamente, de
A) bainha, pecíolo, limbo e estípulas.
B) limbo, estípulas, pecíolo e bainha.
C) pecíolo, limbo, estípulas e bainhas.
D) pecíolo, bainha, estípulas e limbo.
E) limbo, pecíolo, bainha e estípulas.

12) (PUC-RS/2014) Caules e folhas podem sofrer modificações para a realização de diferentes funções na planta. Considerando a videira (Vitis sp.), as estruturas utilizadas como suporte são _________ modificadas(os) em _________.

A) folhas gavinhas
B) caules gavinhas
C) folhas cladófilos
D) caules cladófilos
E) caules estolões

Gabarito das Questões sobre Raiz, Caule e Folha

01) A região (ou zona ) meristemática é a região da raiz em que as células estão em intensa atividade mitótica, ou seja, intensa multiplicação celular.
A zona suberosa é a região em que ocorre a formação das raízes laterais, a partir de um tecido chamado periciclo.
Na zona pilífera, rica em pelos absorventes, ocorre absorção de água e de minerais.
Na região de distensão, as células se alongam, ocasionando o crescimento do órgão.
Resp.: D

02) As raízes são órgãos vegetais com geotropismo positivo (crescem em direção à terra) e que apresentam importantes funções, tais como: absorção de água e minerais (não ocorre absorção de compostos orgânicos; estes são produzidos através da fotossíntese), fixação da planta ao solo e reserva nutritiva.
Como exemplos de macronutrientes absorvidos pela raiz, citam-se o nitrogênio, fósforo e potássio.
Essa absorção ocorre uma área rica em pelos absorventes, denominada de zona pilífera.
Resp.: E

03) Nos mangues, devido à baixa oxigenação do solo, é comum a ocorrência que crescem para cima (com geotropismo negativo), denominadas pneumatóforos. Nessas raízes há aberturas, os pneumatódios, por onde ocorre entrada de ar.
Resp.: E

04) O nitrogênio é um macronutriente vegetal e sua absorção se dá na forma de compostos nitrogenados, principalmente nitratos, pelas raízes.
Resp.: C

05) O velame é característico de plantas epífitas (que vivem sobre outras plantas) e auxilia na captação de água do ar.
Os haustórios são raízes de plantas parasitas, como a erva-de-passarinho. Essas raízes possuem o aprensório para fixação ao caule da planta parasita.
As raízes que armazenam substâncias nutritivas são as raízes tuberosas como a batata doce, a mandioca e a cenoura.
Resp.: B

06)
01. Verdadeira.
02. Falsa. A cutícula impede as trocas gasosas.
04. Falsa. As células da epiderme são aclorofiladas.
08. Falsa. As células da epiderme e as células do xilema são aclorofiladas.
16. Falsa. A absorção de nitrogênio ocorre pelas raízes, na forma de compostos nitrogenados como nitratos.
32. Verdadeira.
64. Falsa. Nas briófitas não há a diferenciação de tecidos condutores.
Resp.: 33

07) O estolão é um caule adaptado à reprodução assexuada como ocorre, por exemplo, no morango. Para a realização da fotossíntese, é necessário que o caule seja clorofilado como, por exemplo, o cladódio (caule dos cactos).
Resp.: E

08) A ocorrência de gemas laterais, de onde surgem os brotos, indica que a batata inglesa é um caule (classificado como tubérculo).
Resp.: C

09) Esse tipo de caule sem ramificações laterais e com um tufo de folhas no ápice é denominado de estipe, sendo característico das monocotiledôneas.
Resp. : D

10) O caule das árvores em geral é o tronco, um caule lignificado com muitos galhos.
Resp.: D

11) A lâmina foliar recebe o nome de limbo (ampla, para melhor captação da energia luminosa), o pedúnculo é o pecíolo (bem nítido em folhas de dicotiledôneas), a expansão basal que reveste o caule é a bainha (bem desenvolvida em folhas de monocotiledôneas) e as projeções filamentosas que ocorrem junto ao ponto de inserção da folha no caule são as estípulas.
Resp.: E

12) No caso da videira, as estruturas em forma de molas, usadas para a fixação da planta a algum suporte são lignificadas (origem caulinar) e recebem o nome de gavinhas.
Resp. : B


O portal VestibulandoWeb é um portal de educação dedicado à preparação para Vestibular e Enem. Contribuímos, também, com divulgação de informações sobre inscrições, Fies, Sisu, Prouni, Encceja. Criamos materiais, divulgamos provas e questões comentadas. Ajude-nos a criar e divulgar novos materiais. » APOIAR ESTA INICIATIVA


Comentários