Estudar Psicologia: entenda como funciona a profissão

Nos últimos tempos, com a pandemia do coronavírus, os psicólogos e psicanalistas tem sido cada vez mais acionados, pois as pessoas andam mais estressadas, ansiosas e até depressivas. E esse profissional pode prestar um atendimento que vai fazer com que as pessoas tenham alívio em sua condição. Veja como atua esse profissional e o que é preciso estudar para atingir esse título profissional.

O que é estudado no curso de psicologia?

Bom, para se tornar um profissional da área, a pessoa tem de se matricular no curso de psicologia de uma faculdade. Essa graduação está disponível em instituições públicas e privadas de todas as regiões do Brasil. Em média o curso leva 5 anos para ser concluído. São estudadas disciplinas como psicanálise, anatomia humana, farmacologia, química, ética e muitas outras, que compreendem o currículo atribuído pelo Ministério da Educação (MEC) para estas faculdades.

Para quem presta vestibular nas federais, normalmente a 2 etapa discursiva, são exigidas as disciplinas de química e biologia. A grade curricular da faculdade de Psicologia é quase inteiramente teórica e voltada para as Ciências Humanas. Algumas matérias estudadas são por exemplo:

  • Comportamentalismo
  • Psicopatologia
  • Infância, Adolescência, Idade Adulta e Envelhecimento
  • Métodos de Pesquisa e Análise de Dados
  • Avaliação Psicológica
  • Práticas Clínicas
  • Orientação Profissional
  • Dinâmica de Grupo

Via de regra o candidato faz a escolha entre bacharelado e licenciatura quando se inscreve no vestibular. Porém existem faculdades que permitem que essa decisão seja tomada mais tarde, no meio do curso, quando ele escolhe as matérias determinadas para cada área que desejar seguir. Entretanto, tanto o bacharelado quanto a licenciatura tem a mesma duração, que é de 5 anos.

Estágio

Outro fator a se ter em mente é que o estágio supervisionado é obrigatório e deve ser realizado em diversos campos da Psicologia, para dar ao aluno uma noção do que envolve cada área. Existem faculdades que dispõem de um núcleo de atendimento onde é possível estagiar, enquanto outras possuem convênios com hospitais, ambulatórios, clínicas, ONGs, etc.

TCC e Especialização

Outro fator a ter em mente é que o curso exige que você faça seu trabalho de conclusão de curso e somente após ele ser aprovado é que você obtém seu diploma. Você pode se especializar e atuar em diferentes áreas, como:

  • Psicologia Clínica;
  • Psicologia Educacional;
  • Psicologia Esportiva;
  • Psicologia Hospitalar;
  • Psicologia Jurídica.

Além disso, você pode trabalhar também com orientações vocacionais e recursos humanos. Outra vertente de trabalho é atuar como pesquisador(a) da área.

Em que esse profissional atua?

O profissional de psicologia pode trabalhar em várias áreas, não somente como psicólogo em seu consultório próprio. Pode-se trabalhar em hospitais, na área de recursos humanos de grandes empresas e até órgãos como Detran e Polícia Federal executando testes de seleção. Além disso, existem muitas áreas a se trabalhar, seja como analista, seja como palestrante da área ou junto a ongs e instituições como a APAE por exemplo.

Como é o método de trabalho?

Normalmente o atendimento é feito em consultório. O profissional estuda os fenômenos psíquicos e de comportamento do ser humano por intermédio da análise de suas emoções, ideias e valores. Ele observa e analisa as atitudes, os sentimentos e os mecanismos que levam a determinado problema ou comportamento e atua junto ao paciente par encontrar caminhos de superar isso. O método exato depende da linha de estudo adotada, como a psicanálise ou a psicologia comportamental e isso depende também da filosofia de cada autor que o profissional utiliza, como Freud ou Lacan para citar os mais conhecidos.

Como anda o mercado de trabalho?

Embora a procura por esse profissional tenha crescido na pandemia, ainda é uma área difícil mercadologicamente falando, pois o conselho de psicologia ainda não conseguiu uma lei para exigir o piso salarial do profissional, por exemplo. Outro fator complicado é que a área ainda é pouco procurada pela população devido ao preconceito com o fato de precisar de atendimento e ter que procurar o profissional.

Faixa Salarial

Ainda é complicado falar em faixa salarial, mas de acordo com dados do IBGE, um profissional de psicologia pode ganhar de R$2100 recém formado até 6 mil em média trabalhando concursado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Moderação de comentário está ativada. Seu comentário pode demorar algum tempo para aparecer.