Farmácias de manipulação podem vender álcool gel ao público

Em função da disseminação do coronavírus em todo o mundo e do aumento da procura pelo produto nas prateleiras de supermercados e farmácias, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária autorizou as farmácias de manipulação a prepararem e venderem álcool gel de forma direta para o público. a resolução foi publicada no Diário Oficial da União desta quarta-feira, 18 de março, e a resolução tem validade de 180 dias, podendo ser prorrogada. O objetivo é tentar atender a demanda do mercado e conter a disseminação do coronavírus no país.

Todas as farmácias magistrais, como também são conhecidas as farmácias de manipulação, poderão preparar álcool etílico 70% (p/p), álcool etílico glicerinado 80%, álcool gel, álcool isopropílico glicerinado 75%, água oxigenada 10 volumes e digliconato de clorexidina 0,5%.

De acordo com a Anvisa, todas essas fórmulas são preparações antissépticas ou sanitizantes que podem ser utilizadas no combate ao coronavírus. Até então, somente indústrias de cosméticos podiam fabricar esses produtos, com necessidade de autorização da agência reguladora.

A China anunciou nesta quinta-feira, dia 19 de março, que não registrou novas infecções locais pela primeira vez desde o início da epidemia, mas as autoridades notificaram 34 casos importados.

Japão testa remédio contra coronavírus

O membro do Ministério de Ciência e Tecnologia da China, Zhang Xinmin, declarou que o favipiravir, também conhecido como Avigan, passou por testes clínicos bem-sucedidos com 340 pacientes, realizados nas cidades de Wuhan e Shenzhen.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.