simulado de biologia ufv

questoes de biologia


Simulado de Biologia - Questões do Vestibular da UFV

Questões de Biologia da UFV são trabalhosas

Simulado de Biologia UFV01) (UFV/2010 – MEDICINA) Observe a biomolécula esquematizada abaixo e suas subunidades indicadas (I, II, III, IV e V). Considere que a subunidade V é uma Purina que se liga à outra base por uma dupla ligação.

Com base no esquema, assinale a afirmativa CORRETA:
a) A timina nucleosídeo monofosfato é formada pelas subunidades III, IV e V.
b) As subunidades III, IV e V fazem parte da molécula de ácido desoxirribonucleico.
c) As reações endergônicas utilizam moléculas formadas pelas subunidades I, II, III, IV e V.
d) No “modelo de escada” para a molécula de DNA, a subunidade V representa o corrimão.

 

Resolução:

A molécula representada é a adenosina trifosfato (ATP), usada como reserva imediata de energia pela célula em suas reações endergônicas. Como a base nitrogenada é a adenina, a opção A está incorreta.

A estrutura indicada por IV é a ribose, que não aparece na molécula de DNA, o que deixa a alternativa B incorreta. No modelo de dupla hélice da molécula de DNA, o “corrimão” é o esqueleto açúcar-fosfato.

Resposta: C

 

02) (UFV/2010 – MEDICINA) Observe a figura abaixo, que representa os principais órgãos (I, II e III) relacionados ao controle da digestão:
Assinale a afirmativa CORRETA:
a) II produz o hormônio secretina, que estimula a secreção do suco gástrico.
Simulado de Biologia UFVb) I produz o hormônio colecistoquinina, que estimula a secreção da bile.
c) III produz a bile, que emulsifica gorduras durante o processo de digestão.
d) III produz a enzima amilopsina, que atua na digestão de polissacarídeos

 

Resolução:

O hormônio secretina é produzido no intestino delgado e atua no pâncreas, estimulando a secreção do suco pancreático, rico em bicarbonato (alternativa A errada).
O hormônio colescitocinina é produzido pelo duodeno e estimula a liberação de bile pela vesícula biliar (B errada).
A bile é produzida no fígado e armazenada na vesícula biliar (C errada).

Resposta: D

 

03) (UFV/2004) Os vírus são parasitas intracelulares obrigatórios que realizam todas as fases do ciclo no interior de uma célula hospedeira. Sem contato com as células, as partículas virais são inertes e não apresentam atividade biológica aparente. Com relação aos vírus que infectam eucariotos, assinale a alternativa INCORRETA:

a) Alguns vírus são capazes de infectar células animais e vegetais, multiplicando-se em ambos os organismos.
b) Os vírus que infectam animais normalmente penetram na célula por meio de endocitose mediada por receptores.
c) A infecção de uma célula vegetal por vírus com genoma de DNA tem como desfecho a lise da parede celular.
d) Os retrovírus integram seu genoma ao genoma da célula e alguns estão associados à ocorrência de câncer.
e) Morcegos hematófagos e roedores são exemplos de vetores de vírus que infectam seres humanos.


Resolução:

Para a resolução desta questão o aluno deveria se lembrar de que os vírus dependem de alguma molécula receptora na superfície celular para entrar na célula por endocitose. Isto garante uma alta especificidade aos vírus, fazendo com que cada vírus infecte apenas determinados tipos celulares. Assim, há vírus que infectam animais, vírus que infectam plantas, vírus que infectam bactérias... .
No caso de vírus de vegetais, não há ruptura da parede celular conforme indica a opção C. Os vírus difundem-se célula a célula pelos plasmodesmos.
Certos retrovírus, como o HPLV, estão relacionados à ocorrência da leucemia (opção D correta) e a raiva é um bom exemplo de virose transmitida por morcegos hematófagos (letra E correta).

Resposta: C

 

04) (UFV/2005) Em humanos, a espermatogênese e a ovulogênese apresentam eventos citológicos e genéticos correspondentes. Considerando eventos normais, assinale a alternativa que NÃO é exemplo de correspondência entre as duas gametogêneses:
a) Ocorrência de vários ciclos de mitoses nas gônias.
b) Presença de células diplóides em cito-I.
c) Proporcionalidade de gametas viáveis produzidos.
d) Alteração de tamanho nas células que formam os gametas.
e) Formação de gametas com genótipos recombinados. 


Resolução:

Trata-se de um assunto muito abordado em provas da UFV. A questão é bastante simples, bastando o candidato lembrar-se de que o homem produz muito mais gametas que a mulher; logo, não há uma proporcionalidade de gametas viáveis produzidos.

Resposta: C

 

05) (UFV/2004) Os gráficos abaixo ilustram as três formas básicas de seleção natural. A distribuição dos fenótipos da progênie, após a seleção, é representada pela linha sólida. Comparativamente, a linha pontilhada representa a geração parental pré-seleção.

Simulado de Biologia UFV

Com base na observação dos gráficos, é INCORRETO afirmar:
a) Em I, a seleção é estabilizadora, pois favorece os atributos médios.
b) Em II, a seleção é direcional, pois, favorece um dos atributos extremos.
c) Em II, a freqüência dos alelos no patrimônio genético é alterada.
d) Em I, a seleção resulta em maior variabilidade fenotípica.
e) Em III, a seleção é disruptiva, pois favorece os atributos extremos.

 

Resolução:

A questão é fácil, apesar de aparecem as três formas de evolução  (estabilizadora, direcional e dis-ruptiva), freqüentemente, não abordadas no ensino médio. Contudo, o candidato poderia responder a questão com conhecimentos básicos do neodarwinismo  a seleção é um dos fatores evolutivos que atuam sobre a variabilidade genética já existente, provocando uma redução na variabilidade fenotípica.

Resposta: D

 

06)Simulado de Biologia UFV(UFV/2005)  Os principais produtos da resposta imune humoral são os anticorpos ou imunoglobulinas. Cada imunoglobulina é constituída de cadeias de polipeptídeos ligadas por pontes dissulfeto (S), conforme a representação abaixo. Os números I, II, III, IV e V indicam componentes ou regiões básicas dessa molécula.

Assinale a alternativa CORRETA:
a) As cadeias pesadas estão indicadas por III.
b) Uma das cadeias leves está indicada por V.
c) O sítio de ligação dos antígenos está indicado por II.
d) A região constante está indicada por I.
e) A região variável está indicada por IV.

 

Resolução:

A molécula de anticorpo é formada por 4 cadeias – 2 leves (indicadas pelo número V) e duas pesadas (indicadas pelo número II). A região indicada por I representa o local de ligação do antígeno e, portanto, varia de anticorpo para anticorpo.

Resposta: B

 

07) (UFV/2005) As plantas, como organismos sésseis, necessitam de adaptações para sobreviverem a determinadas condições ambientais. Nos cerrados ou em campos rupestres, onde o fogo é de ocorrência freqüente, certas espécies apresentam um tipo de órgão subterrâneo rico em substâncias de reserva, o qual pode brotar após as queimadas. A alternativa em que aparece exemplificado esse tipo de órgão é:
a) Pneumatóforo.
b) Hidatódio.
c) Xilopódio.
d) Laticífero.
e) Haustório.

 

Resolução:

O xilopódio é um caule subterrâneo (às vezes, tem-se dúvida se é uma raiz modificada) que acumula reservas nutritivas, típico de plantas de cerrado.
Os pneumatóforos são raízes típicas de manguezais, com geotropismo negativo e que têm papel respiratório.
Os hidatódios são aberturas nos bordos da epiderme, por onde a planta perde água na forma de gotas (gutação).
Os vasos laticíferos são responsáveis pela produção do látex, com papel cicatrizante para a planta, comum em euforbiáceas (família da seringueira).
Os haustórios são raízes de plantas parasitas, que invadem o xilema da planta hospedeira, dela retirando água e minerais.

Resposta: C

 

08)(UFV/2006)  Uma espécie é denominada indicadora de um determinado ambiente quando sua presença está correlacionada a uma condição abiótica (ou a um conjunto de condições). Assim, é CORRETO afirmar que são melhores indicadoras das condições ambientais as espécies que:
a) apresentam pequenos limites de tolerância às variações das condições ambientais.
b) são dominantes numericamente, pois são as mais resistentes às variações ambientais.
c) apresentam alta capacidade competitiva, independentemente das condições ambientais.
d) ocorrem em diversos tipos de ambiente, sem mostrar qualquer preferência pelas condições abióticas ou bióticas.
e) indicam de forma acentuada a especialização de outras espécies em um ambiente particular.

 

Resolução:

A principal característica de uma espécie considerada indicadora das condições ambientais é que apresente estreitos limites de tolerância para que possa detectar pequenas mudanças ocorridas. Uma espécie que apresenta maior resistência às condições ambientais ou que apresenta alta capacidade competitiva não pode ser usada como indicadora, visto que consegue superar as adversidades ambientais.
Resposta: A

 

Simulado de Biologia UFV09) (UFV/2006)  Foi proposto um modelo genético para o florescimento em que a formação normal dos verticilos era resultante de uma atividade combinatorial de genes com a diferenciação de determinados setores meristemáticos (X, Y e Z). A ausência de um ou mais verticilos é resultado de mutação gênica que afeta um ou mais setores. No esquema abaixo, os números I, II, III e IV indicam, respectivamente, a posição de cada verticilo: sépala, pétala, estame e carpelo.

 

Na hipótese dos setores X e Z serem mutantes, assinale a alternativa que contém os verticilos formados:
a) Pétalas.
b) Sépalas.
c) Estames.
d) Carpelos.
e) Estames e carpelos.

 

Resolução:

A questão propôs um modelo para explicar a formação dos verticilos florais. Esse modelo se baseia na atuação isolada ou combinada de genes que são expressos em cada setor (X, Y e Z), gerando em cada posição os respectivos: I (sépalas), II (pétalas), III (estames) e IV (carpelos).
Assim, da expressão isolada de genes presentes no setor Y há a formação de sépalas (I); da expressão combinada daqueles expressos em Y e X há a formação de pétalas (II); da expressão combinada daqueles expressos em X e Z, há a formação de estames (III); e da expressão isolada de genes em Z, há a formação de carpelos (IV). Dessa forma, na hipótese de X e Z serem mutantes, a expressão dos genes do setor Y se estenderá e gerará apenas os verticilos mais externos das flores, que são as sépalas.

Resposta: B.

 

Simulado de Biologia UFV10) (UFV/2007)  Observe abaixo o heredograma de uma família e no retângulo algumas informações da condição genética de cada membro correspondente. Considere ainda que a criança apresenta o fator VIII com atividade antihemorrágica normal.

 

Utilizando esses dados como base, assinale a afirmativa CORRETA:
a) O erro na divisão meiótica aconteceu no indivíduo I -1.
b) O cromossomo X de II -1 foi herdado do espermatozóide.
c) O indivíduo II -1 apresenta a Síndrome de Klinefelter.
d) O indivíduo II -1 é aneuplóide, mas não é do sexo feminino.
e) O fator VIII foi herdado dos autossomos normais de I -2.

 

Resolução:

A criança II-1 apresenta Síndrome de Turner, mas não possui hemofilia, o que significa que ela recebeu o cromossomo X de sua mãe. Logo, a falta do outro cromossomo X  foi devida à não disjunção cromossômica durante a gametogênese paterna.

Resposta: A

 

11)(UFV/2009) Observe o esquema com as indicações (I a VI), relacionadas com o tecido muscular:

Simulado de Biologia UFV

Assinale a alternativa que apresenta duas indicações INCORRETAS:
a) I - miofibrila e V - banda A.
b) II - sarcômero e VI - zona H.
c) III - zona H e IV - banda I.
d) VI - linha Z e I - fibra muscular.

 

Resolução:

As estruturas supra-representadas são:
I: Miofibrila   
II: Miômero (sarcômero)
III: Banda I (actina)
IV: Banda A (miosina)
V: Banda H (só miosina)
VI: Linha Z

Resposta: C

 

12) (UFV/2010 – MEDICINA) Observe as figuras abaixo (X e Y), que representam as estruturas presentes na célula bacteriana.

Simulado de Biologia UFV

Assinale a alternativa que apresenta duas informações INCORRETAS:
a) Y está presente em bactérias Gram-positivas e V representa o peptideoglicano.
b) I representa a membrana plasmática e III a estrutura de uma membrana externa.
c) IV representa o peptideoglicano e II corresponde à membrana plasmática.
d) X está presente em bactérias Gram-negativas e IV representa o peptideoglicano.

 

Resolução:

O esquema X mostra a parede celular de uma bactéria gram-positiva, onde I mostra os proteoglicanos e II a membrana plasmática.
O esquema Y mostra a parede celular de uma bactéria gram-negativa onde III mostra a membrana externa, IV o peptideoglicano e V a membrana plasmática.
Resposta: A

 

Resolução:
Prof. Evandro Marques - Licenciado e Bacharel em Ciências Biológicas pela Universidade Federal de Viçosa - MG, e Prof. de Biologia do Ensino Médio e Pré-Vestibulares desde 1990.

Vestibulando Web - Copyright 1999-2011. Todos os direitos reservados.
- Simulado de Biologia com Questões da UFV

Ponto.Br