Vestibulandoweb

A opção Certa!


Provas de Biologia - Vestibular

UNIVERSIDADE FEDERAL DE VIÇOSA - VESTIBULAR 2005 - DISCURSIVA

01) Em um experimento realizado com determinado vertebrado adulto, as funções relativas à tomada de oxigênio (entre 0 e 120 mL/Kg/h) pelo pulmão e pela pele foram avaliadas em diferentes temperaturas ambientais ao longo do ano, conforme o gráfico abaixo:

Tendo como referência os dados do gráfico, cite:
a) a Classe do vertebrado analisado.

b) a classificação deste vertebrado quanto à regulação térmica.

c) o tipo de respiração predominante neste vertebrado na fase larval.

d) a causa fisiológica do aumento da respiração pulmonar deste vertebrado nos meses de temperaturas mais elevadas.

e) a adaptação presente neste vertebrado que permite a absorção de oxigênio pela pele.

f) a diferença de valor entre o maior consumo de oxigênio pelos dois órgãos deste vertebrado.

Comentários:

A questão aborda o grupo dos anfíbios, e não apresenta itens com maior grau de dificuldades. Trata-se de uma questão simples, porém, com boa abordagem do assunto.
Respostas:
a) Classe Amphibia (Anfíbios)
b) O animal é ectotérmico (pecilotérmico).
c) Em sua fase larval, predomina a respiração branquial.
d) Com o aumento da temperatura, o metabolismo do animal aumenta; logo, é necessária uma maior produção de energia, o que exige um aumento da respiração pulmonar.
e) A pele do animal é fina, lisa e rica em glândulas mucosas, que a mantêm úmida.
f) A diferença é de 60 mL/kg/h.

» Biocombustíveis é tema forte para provas de vestibular
» Compreenda a Organização Celular
» Questões resolvidas sobre Especiação.
» Questões resolvidas sobre Sistema Digestivo.
» Prova resolvida de Biologia da Unicamp 2010
» Compreenda funcionamento das Pílulas Anticoncepcionais

02) Embora Zequinha esteja infestado por um tipo de parasita flagelado, que adquiriu alimentando-se das verduras de sua horta, ele trabalha muito cuidando de um bode e de umas vaquinhas atacadas por carrapatos e morcegos. Eventualmente, as sobras da cultura são fornecidas para as crias. Com base nesta teia alimentar, cite:
a) o nível trófico ocupado por Zequinha, quando se infestou com o parasita.

b) o número de heterótrofos mencionados no texto.

c) o nome específico do componente trófico que está faltando nessa teia alimentar para torná-la completa.

d) o nome do parasita que infestou Zequinha.

e) a relação ecológica estabelecida entre o carrapato e o morcego.

Comentários:

A questão cobra noções de ecologia. Trata-se de uma questão simples, e esperada para a prova aberta, visto que o assunto não apareceu na prova objetiva. 
Respostas:
a) Zequinha pertence ao 1º nível trófico (consumidor primário).
b) No texto há 6 heterótrofos ( Zequinha; parasita flagelado; bode; vaquinhas; carrapato e morcego).
c) Nessa teia falta o nível dos decompositores.
d) O parasita é Giardia lamblia.
e) Entre o carrapato e o morcego há uma relação de competição.

03) Numa visita a um museu de História Natural, um grupo de estudantes entrou numa seção destinada à evolução das plantas. Nessa seção havia um painel com uma árvore representativa das relações filogenéticas, conforme o esquema abaixo. Os números I, II, III e IV correspondem às adaptações evolutivas das Divisões do Reino Plantae.

UFV 2005

Após a análise do esquema, cite:
a) os números cujas divisões apresentam a característica de transportar água e nutrientes a longas distâncias, advinda da capacidade adaptativa de sintetizar lignina.

b) o número que na árvore filogenética corresponde ao ponto da linha evolutiva que deu início a embriões protegidos por estruturas especializadas.

c) um exemplo de adaptação evolutiva indicado pelo número I.

d) os nomes das classes que divergiram evolutivamente do ramo indicado pelo número IV.

e) o número correspondente ao início da especialização dos processos reprodutivos em interação principalmente com os insetos e aves, o que favoreceu a dispersão bem sucedida das plantas no ambiente terrestre.

Comentários:

A questão aborda grupos vegetais (com ênfase em evolução). Trata-se de uma linda questão e bastava um pouco de atenção para respondê-la. Talvez o item c tenha trazido um pouco de dificuldades aos candidatos, visto que poucas vezes se comenta aspectos evolutivos em briófitas.
Respostas:
a) O item aborda os grupos vegetais com xilema, cujas células condutoras têm parede reforçada com lignina).
Resp.: II, III e IV.

b) Embriões protegidos por sementes (estruturas especializadas) ocorrem em gimnospermas e angiospermas.
Resp.: III

c) Poderia ter sido citado:
- Presença de gametângios masculinos e femininos (anterídios e arquegônios) revestidos por uma camada de células estéreis;
- Ocorrência de tecidos diferenciados:
- Retenção do zigoto ou embrião em formação dentro do arquegônio;
- Esporos com paredes reforçadas, com maior resistência à decomposição e dessecação.

d) Monocotolidôneas e dicotiledôneas.

e) A polinização entomófila e ornitófila, e a dispersão anemocórica e ornitocórica ocorrem em angiospermas.
Resp.: IV

04) Analise a figura abaixo, que representa diversos tipos celulares indicados com números de I a VIII. As células representadas correspondem às especializações morfológicas e funcionais na formação dos tecidos e órgãos das plantas.

UFV 2005

Após análise da figura, cite:
a) o nome do processo que origina as células indicadas pelas setas a partir de I.

b) o nome do tecido que contém as células indicadas por I.

c) uma função desempenhada pelo tecido representado pela célula IV.

d) os números correspondentes aos tipos celulares que apresentam cloroplastos.

e) o número associado com os esclereídeos.

f) a natureza química da estrutura presente na célula II.

Comentários:

Questão chata, abordando tipos celulares (histologia vegetal). Como é de praxe na UFV, uma questão bastante específica sobre determinado assunto  e com questões de resposta direta – ou o candidato erra ou acerta – o que deixa a questão mais chata.
Respostas:
a) O processo é a diferenciação celular
b) Trata-se do tecido meristemático.
c) Transporte de água e de minerais ; sustentação.
d) II, III e VIII   (omitimos I, pois, neste tipo celular há protoplastídeos).
e) VII   (esclereídeos = células pétreas Þ esclerêquima).
f) Oxalato de cálcio

05) Em uma outra versão do caso “quem matou Lineu”, os detetives, com ajuda de geneticistas, reabriram o processo para descobrir o real culpado.
Após análise dos grupos sangüíneos do sistema ABO das dez pessoas envolvidas, conforme o heredograma da família, representado abaixo, os detetives obtiveram informações seguras: o culpado era um dos nove suspeitos relacionados que também pertencia ao grupo sangüíneo de uma “mancha de sangue” presente na roupa da vítima.

UFV 2005

Após análise da figura e dos dados, responda:
a) Qual é o genótipo do grupo sangüíneo de Lineu?

b) Qual é o grupo sangüíneo de Beatriz?

c) Quais os nomes das duas pessoas suspeitas, que os detetives inocentaram, de imediato, assim que souberam que o grupo sangüíneo detectado na “mancha de sangue” não era o de Lineu?

d) Comparando calmamente o grupo sangüíneo da “mancha de sangue” com os grupos identificados no sangue de cada um dos suspeitos restantes, os detetives não tiveram mais dúvidas de quem era o real culpado. Deste modo, quem matou Lineu?

e) Supondo que a distribuição dos grupos sangüíneos “A”, “B”, “AB” e “O”, em uma população de 20.000 indivíduos, esteja na proporção de 1:2:3:4, respectivamente, quantos indivíduos deveriam ter o mesmo grupo sangüíneo da pessoa acusada?

Comentários:

Mais uma questão muito bem elaborada. A questão aborda polialelia e exige bastante raciocínio para sua resolução.  O ponto diferencial é a ausência de itens do tipo “decoreba” na questão.
Vamos às respostas:
a) Lineu possui genótipo IBi.

b) O grupo sangüíneo de Beatriz é O.

c) Se a mancha não é de Lineu, ela não é do grupo B. Logo, as pessoas do grupo sangüíneo B devem ser inocentadas – no caso, Maria Clara e Nina.

d) Com certeza, Renato (é o único do grupo AB). Os demais grupos têm mais de um representante e, portanto, não poderíamos acusar um deles, com certeza.

e) 30% de 20.000 = 6.000 indivíduos.

Resolução e Comentários:
Prof. Evandro Marques - Licenciado e Bacharel em Ciências Biológicas pela Universidade Federal de Viçosa - MG, e Prof. de Biologia do Ensino Médio e Pré-Vestibulares desde 1990.

Vestibulando Web - Copyright 1999-2011. Todos os direitos reservados.

Ponto.Br