UEAP divulga chamada pública do Vestibular 2022 via Enem

A Universidade Estadual do Amapá (UEAP) divulgou, nesta quinta-feira, 28 de julho, a convocação de matrícula em chamada pública para os candidatos classificados no Processo Seletivo 2022.

Os candidatos devem comparecer no Auditório do CAMPUS I da UEAP, localizado na cidade de Macapá, para realização de suas matrículas, nos dias 1º e 2 de agosto, respectivamente segunda e terça-feira.

O dia 1º de agosto será destinado aos classificados nos cursos de Engenharia Ambiental, Engenharia Florestal, Engenharia de Pesca, Engenharia de Produção, Engenharia Química, Licenciatura em Ciências Naturais (Habilitação em Biologia) e Licenciatura em Filosofia.

O dia 2 de agosto, por sua vez, será para classificados nas Licenciaturas em Pedagogia, Letras – Inglês, Letras – Francês, Letras – Espanhol, Letras – Português, Matemática e também Tecnologia em Design.

O edital de convocação, com maiores informações e horários de chamada de cada curso estão disponíveis na página do Processo Seletivo UEAP.

A chamada pública visa ao preenchimento de 391 vagas remanescentes, que não foram ocupadas pelos convocados em primeira chamada. As matrículas obedecerão a ordem de classificação, de acordo com a modalidade em que o candidato concorreu.

Os convocados deverão entregar, no ato da matrícula, os seguintes documentos, conforme listado no edital:

  • Certificado de Conclusão do Ensino Médio;
  • Histórico Escola do Ensino Médio autenticado pela escola de origem;
  • Histórico Escolar do Ensino Fundamental (para concorrentes às vagas destinadas a pessoas pretas e pardas);
  • duas fotografias 3×4 recentes, sem data, com nome completo escrito no verso;
  • Carteira de Identidade (RG);
  • Cadastro de Pessoa Física (CPF);
  • certidão de quitação com a Justiça Eleitoral;
  • Certidão de Nascimento ou de Casamento;
  • Certidão de Nascimento emitida pela FUNAI ou Declaração do Cacique da Aldeia, constando sua condição de indígena ou descendente (para concorrentes às vagas destinadas a indígenas);
  • comprovante de quitação com o Serviço Militar, para candidatos do sexo masculino;
  • comprovante de residência atual (emitido há no máximo 90 dias);
  • laudo médico emitido nos últimos 12 meses (para concorrentes às vagas de pessoas com deficiência);
  • Comprovante de endereço, com declaração de órgão responsável (Conselho Nacional de Populações Tradicionais e Extrativistas-CNS) ou declaração emitida por associações comunitárias, que comprove que o candidato reside em comunidades tradicionais e extrativistas do Estado do Amapá (para concorrentes às vagas reservadas às comunidades tradicionais ou extrativistas).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.