Questões sobre Fisiologia Vegetal

01) (Enem/2020 – Digital) Um produtor de morangos notou, no início da manhã, que em alguns pontos das extremidades das folhas dos morangueiros ocorriam gotículas de água. Procurando informação a respeito do fenômeno, o agricultor descobre que isso é também observado em outras plantas herbáceas de pequeno porte.
Esse fenômeno fisiológico ocorre em condições de elevada umidade do ar e
A) escassez de sais minerais.
B) abundante suprimento hídrico.
C) abundante período de transpiração.
D) ausência de resistência estomática.
E) ausência de substâncias impermeabilizantes.

02) (UFRGS/2018)  Assinale com V (verdadeiro) ou F (falso) as afirmações abaixo, sobre os mecanismos através dos quais água e solutos são transportados dentro da planta.
(  ) A água e os sais minerais podem passar entre as paredes celulares ou podem atravessar o citoplasma, nas células do córtex da raiz.
(  ) O movimento ascendente da seiva pelo floema ocorre devido à pressão positiva na raiz.
(  ) O transporte de água para dentro do xilema ocorre por osmose, já os sais minerais são transportados por processo ativo, no cilindro central.
(  ) A tensão provocada pela transpiração é responsável pelo transporte de sacarose.
A sequência correta de preenchimento dos parênteses, de cima para baixo, é
A) V – V – F – F.
B) V – F – V – F.
C) F – F – F – V.
D) V – V – F – V.
E) F – V – V – F.

03) (UFMG) A maioria das espécies de bromélias vive em ambientes de florestas, sobre galhos e troncos de árvores. Pesquisadores verificaram que indivíduos da mesma espécie podem apresentar grande variação fenotípica. Analise estes gráficos do comportamento da bromélia Neoregelia johannis:

Com base nas informações desses gráficos e em outros conhecimentos sobre o assunto, pode-se concluir que, nas bromélias, a área da folha e o número de espinhos se relacionam com todas as seguintes adaptações, EXCETO:

A) Redução dos efeitos da insolação em locais abertos
B) Aumento de defesa contra herbívoros em locais abertos
C) Aumento da captação de luz em locais sombreados
D) Redução da transpiração em locais iluminados.

04) (UFMG) Analise as situações representadas nestas figuras:

Considerando-se as informações dessas figuras, é CORRETO afirmar que NÃO ocorre tropismo na situação
A) IV
B) I
C) II
D) III

05) (Famerp/2018)  Analise a ampliação de uma imagem em escala microscópica.

Observa-se na imagem parte do tecido proveniente de uma árvore do grupo angiosperma, contendo duas estruturas em evidência. Em uma árvore adulta, tais estruturas são encontradas
A) principalmente nas folhas, e sua função e realizar a transpiração.
B) principalmente no caule, e sua função e reter a água.
C) principalmente na raiz e no caule, e sua função e secretar hormônios.
D) na região pilífera da raiz, e sua função e realizar a absorção de água e sais.
E) em toda a árvore, e sua função e realizar as trocas gasosas.

06) (UFG) O proprietário de um viveiro de plantas deseja incrementar seu lucro com o aumento da produção de mudas provenientes de brotação. Para tanto, solicitou a orientação de um especialista que recomendou o tratamento com o hormônio vegetal:

A) ácido abscísico, para propiciar o fechamento estomático.
B) auxina, para promover o enraizamento de estacas.
C) citocinina, para estimular a germinação.
D) etileno, para intensificar a maturação dos frutos.
E) giberelina, para induzir a partenocarpia.

07) (UFC) O professor de botânica montou um experimento para observar o efeito da luz sobre a transpiração foliar. Escolheu um arbusto de papoula (Hibiscus sp.) e encapsulou as extremidades de dez ramos com sacos plásticos transparentes, lacrando-os com barbante para evitar as trocas gasosas. Cobriu a metade dos sacos com papel alumínio e, após 48 horas, observou as diferenças no conteúdo de água acumulada dentro dos sacos, nos dois grupos.

Assinale a alternativa que indica o resultado observado mais provável.
A) A quantidade de água nos dois grupos foi igual, devido à inibição da transpiração pela alta umidade relativa que se formou no interior de ambos.
B) O teor de água acumulada foi maior nos sacos plásticos sem a cobertura do papel alumínio, uma vez que a luz induziu a abertura dos estômatos e permitiu uma transpiração mais intensa.
C) A quantidade de água acumulada foi maior nos sacos plásticos envoltos com papel alumínio, uma vez que a ausência de luz solar diminuiu a temperatura dentro dos sacos e a evaporação foliar.
D) A concentração mais elevada de CO2 no interior dos sacos sem o papel alumínio induziu o fechamento dos estômatos, e a quantidade de água acumulada foi menor.
E) A concentração de oxigênio foi menor nos sacos envoltos com papel alumínio, devido à falta de luz para a fotossíntese, ocasionando a abertura dos estômatos e o aumento da transpiração.

08) (UFF) Apesar de ser conhecido pela teoria da evolução, Darwin também trabalhou com plantas. Em 1880, ele realizou alguns experimentos e observou, ao cultivar alpiste em solo adequado ao seu crescimento, um movimento do ápice dos coleóptilos.

A análise da figura permite dizer que Darwin observou um movimento orientado:

A) pelo tipo de solo utilizado (geotropismo), mediado pelo hormônio auxina;
B) pela presença da luz (fototropismo), mediado pelo hormônio auxina;
C) pela ausência de luz (fototropismo), mediado pelo hormônio giberelina;
D) pelo tipo de solo utilizado (geotropismo), mediado pelo hormônio giberelina;
E) pela presença da luz (fototropismo), mediado pelo hormônio cinetina.

09) (FTT/2018)  O mecanismo de transporte de seiva bruta nos vegetais de grande porte depende, em menor escala, da capilaridade que existe nos vasos xilemáticos e da pressão promovida pela raiz durante a absorção de água e nutrientes do solo. Porém, a principal força responsável pela ascensão da água até a copa das árvores é decorrente
A) da difusão facilitada que ocorre nas células estomáticas durante seu processo de fechamento do ostíolo.
B) do bombeamento de íons potássio, com gasto de energia, para fora das células estomáticas.
C) da difusão simples de gás carbônico para dentro da câmara estomática quando existe luminosidade.
D) do metabolismo dos cloroplastos das células estomáticas, quando abastecidos de água, gás oxigênio e luz.
E) da perda de vapor d’água através do ostíolo quando o suprimento hídrico e luminoso é suficiente.

10) (UFPI) Assinale a alternativa FALSA sobre os estômatos, no processo de transpiração dos vegetais:

A) Com suprimento de água ideal, eles ficam abertos.
B) Ficam abertos quando há luz.
C) Fecham-se quando a planta tem risco de desidratação.
D) A baixa concentração de gás carbônico na folha estimula sua abertura.
E) O ácido abscísico inibe o transporte de K+, abrindo-os.

11) (UFMS) Assinale a alternativa correta.

A) A planta apresenta fototropismo negativo quando o caule tende a crescer em direção à fonte de luz.
B) Quando as folhas das plantas crescem em direção à fonte de luz, o fenômeno é denominado geotropismo negativo.
C) Quando o caule busca uma área sem luminosidade para o seu crescimento, o fenômeno é denominado tigmotropismo negativo.
D) Em geral, o caule das plantas apresenta geotropismo positivo.
E) Em geral, as raízes das plantas crescem em direção ao solo, apresentando, portanto, geotropismo positivo.

12) (UNIFESP) Um botânico tomou dois vasos, A e B, de uma determinada planta. O vaso A permaneceu como controle e no vaso B foi aplicada uma substância que induziu a planta a ficar com os estômatos permanentemente fechados. Após alguns dias, a planta do vaso A permaneceu igual e a do vaso B apresentou sinais de grande debilidade, embora ambas tenham ficado no mesmo local e com água em abundância. Foram levantadas três possibilidades para a debilidade da planta B:

I. A água que ia sendo absorvida pelas raízes não pôde ser perdida pela transpiração, acumulando-se em grande quantidade nos tecidos da planta.
II. A planta não pôde realizar fotossíntese, porque o fechamento dos estômatos impediu a entrada de luz para o parênquima clorofiliano das folhas.
III. A principal via de captação de CO2 para o interior da planta foi fechada, comprometendo a fotossíntese.

A explicação correta corresponde a
A) I.
B) II.
C) III.
D) I e II.
E) II e III.

13) (UFV) A figura abaixo representa a espécie Mimosa pudica. Essa planta, conhecida popularmente como “dormideira”, reage ao toque com o movimento de fechamento das folhas, conforme indicado pela seta.

Esse exemplo de reação nas plantas é conhecido como:
A) nictinastia
B) sismonastia
C) fototropismo
D) geotropismo
E) tigmotropismo

14) (UFJF)  O crescimento e o desenvolvimento das plantas são controlados por interações de fatores externos e internos. Entre os fatores internos, destacam-se os hormônios vegetais, em especial, as auxinas. O gráfico abaixo ilustra a influência da concentração de auxina no crescimento de diferentes partes das plantas. Analisando o gráfico abaixo e considerando o mecanismo de ação das auxinas, é CORRETO afirmar que:

A) o aumento da concentração de auxina promove o aumento do tamanho das raízes formadas.
B) os caules são mais sensíveis à auxina do que as raízes.
C) a auxina, quando em altas concentrações, pode ser usada como herbicida.
D) o aumento da concentração da auxina, a partir do ponto “I”, estimula o crescimento da planta, sendo “V” a concentração ótima para o crescimento máximo.
E) a faixa de concentração ótima de atuação da auxina varia somente de espécie para espécie.

15) (UFMG) Os terpenos são os componentes mais importantes dos óleos essenciais produzidos pelos vegetais. O limoneno e o farneceno obtidos, respectivamente, do limão e da citronela são terpenos voláteis. Os carotenos são terpenos que dão cor aos vegetais – como, por exemplo, o vermelho do tomate e o amarelo do milho.

Todas as seguintes formas de adaptação das plantas podem ser relacionadas aos terpenos, EXCETO
A) Absorção da luz
B) Atração de polinizadores
C) Defesa contra predadores
D) Germinação de sementes

16) (UFPel) Os nutrientes minerais presentes no solo são absorvidos pelas raízes das plantas em solução aquosa, por meio dos pelos absorventes. Em plantas herbáceas, as regiões mais velhas das raízes também fazem absorção de água, o mesmo acontecendo em zonas parcialmente suberificadas das raízes de arbustos e árvores. Feita a absorção pela raiz, na zona pilífera ou não, as soluções com os solutos minerais seguem até o lenho, onde iniciam um deslocamento vertical para chegar à copa.

SILVA Jr., C.; SASSON, S. Biologia. São Paulo: Ed. Saraiva. 2003. [adapt.]

Com base nos textos e em seus conhecimentos, é correto afirmar que

A) as soluções aquosas percorrem o caule até a copa das árvores devido à ação do processo de transpiração nas folhas e das forças de coesão e tensão que ocorrem no interior dos vasos condutores da seiva elaborada (floema) (D).
B) as soluções aquosas podem passar de célula para célula (B) pelas paredes, até atingir o xilema (D). Esse percurso é feito livremente, sem a necessidade de osmose e difusão, processos que envolvem gasto de energia.
C) o deslocamento das soluções aquosas através dos espaços intercelulares (A) é mais rápido e direto. As soluções atingem as células de passagem da endoderme (C) e então passam para os vasos lenhosos (xilema) (D).
D) o deslocamento das soluções aquosas através dos plasmodesmos das células (A) é mais rápido e direto. As soluções atingem as células de passagem do córtex (C) e posteriormente passam para os vasos lenhosos (xilema) (D).
E) as soluções aquosas percorrem o caule até a copa das árvores devido à ação do processo de capilaridade, em que a água se desloca para cima ao passar pelos vasos bem finos formados por vasos liberianos (floema) (D).

Gabarito das Questões sobre Fisiologia Vegetal

01) A gutação corresponde à eliminação de gotículas de água, através de aberturas foliares chamadas hidatódios. O fenômeno é favorecido nas seguintes situações: boa disponibilidade de água no solo; temperaturas amenas e atmosfera saturada com vapor d´água.
Resp.: B

02) (V  ) A água e os sais minerais podem passar entre as paredes celulares ou podem atravessar o citoplasma, nas células do córtex da raiz.
( F  ) O movimento ascendente da seiva pelo floema ocorre devido à pressão positiva na raiz.
A pressão positiva de raiz interfere na subida da seiva bruta pelo xilema.
(  V ) O transporte de água para dentro do xilema ocorre por osmose, já os sais minerais são transportados por processo ativo, no cilindro central.
( F ) A tensão provocada pela transpiração é responsável pelo transporte de sacarose.
A tensão provocada pela transpiração é responsável pelo transporte de água e minerais nos vasos do xilema.
Resp.: B

03) A análise dos gráficos revela que a área foliar é maior em locais menos iluminados, quando comparado com locais iluminados,o que é uma adaptação à melhor captação de luz em locais sombreados e uma menor perda de água em locais iluminados, reduzindo os efeitos da insolação em locais abertos.
Resp.: B

04) Os tropismos são movimentos orientados em resposta a algum estímulo como a luz (fototropismo), o toque (tigmotropismo), a gravidade (gravitropismo = geotropismo). Dentre as imagens apresentadas, a figura II mostra estômatos em uma folha, cujo movimento de abertura e de fechamento não é caso de tropismo.
Resp.: C

05) A estrutura evidenciada na imagem é o estômato, principal local por onde a planta perde água na forma de vapor (transpiração). Os estômatos também estão relacionados com as trocas gasosas entre a planta e o meio.
Resp.: A

06) Para uma maior taxa de vingamento de estacas é sugerido o  tratamento com auxinas, que estimulam o enraizamento de estacas.
Resp.: B

07) Um dos fatores que interferem na abertura dos estômatos é a luz. Dessa forma, os ramos que ficaram revestidos com plásticos permanecerão com estômatos abertos e, consequentemente, apresentará maior quantidade de água acumulada.
Resp.: B

08) A imagem mostra um exemplo clássico de fotropismo, movimento vegetal controlado pelo hormônio auxina.
As auxinas acumulam-se no lado menos iluminado e induzem o crescimento celular neste lado; daí a curvatura para a fonte luminosa.
Resp.: B

09) A principal hipótese para explicar a ascensão da água+minerais do solo à copa é a da transpiração-tensão-coesão. Segundo essa hipótese, a transpiração (que ocorre nas folhas) é a principal responsável pela subida da água pelos finos tubos do xilema.
Resp.: E

10) Quando há uma deficiência hídrica, o mesofilo produz ácido abscísico, hormônio que estimula o bombeamento de íons K+ para fora das células-guardas. Como consequência, as células vizinhas ficam hipertônicas em relação às células-guardas. O resultado é a perda de água pelas células-guardas, que acaba promovendo o fechamento do estômato.
Resp.: E

11) De um modo geral, as raízes crescem em direção ao solo; pode-se dizer, assim, que apresentam um geotropismo positivo.
Vale a pena lembrar de que as plantas de mangue apresentam raízes com geotropismo negativo; são os pneumatóforos (crescem para fora do substrato lodoso).
Resp.: E

12) Com o fechamento dos estômatos, a planta deixou de realizar a fotossíntese (a planta deixou de captar CO2) fonte de matéria orgânica usada na respiração celular e também para a síntese de outros compostos orgânicos, como a celulose.
Resp.: C

13) O movimento realizado pelas folhas da dormideira independe de onde vem o estímulo sendo, portanto, um movimento não direcionado. Estes movimentos são genericamente chamados nastismos.
Como na dormideira o estímulo é o toque (abalo), tem-se um sismonastismo.
Resp.: B

14) A análise do gráfico revela que uma mesma concentração de auxina provoca efeitos diferentes em diferentes órgãos, sendo as raízes os órgãos mais sensíveis à ação desse grupo de hormônios.
Observa-se, pelo gráfico, que altas concentrações a auxina inibe o desenvolvimento de raízes, ramos e caules, atuando como herbicida.
Resp.: C

15) Os carotenoides têm importante papel na absorção de certos comprimentos de onda não absorvidos pelas clorofilas, contribuindo para uma maior eficiência fotossintética. Além disso, em flores, podem atrair polinizadores e, em frutos, podem atrair animais que promovem a dispersão das sementes.
Outros terpenos, como o limoneno têm importante papel na repulsão de predadores das plantas (como insetos).
Resp.: D

16) O deslocamento das soluções aquosas através dos espaços intercelulares (A) é mais rápido e direto. As soluções atingem as células de passagem da endoderme (C) e então passam para os vasos lenhosos (xilema) (D). A subida da seiva pelos vasos do xilema deve-se, principalmente, à pressão de copa.
Resp.: C

2 thoughts on “Questões sobre Fisiologia Vegetal

  • 1 de janeiro de 2022 em 05:35
    Permalink

    A cerca d gabarito, número 13 não será E??

    Resposta
    • 7 de janeiro de 2022 em 10:28
      Permalink

      Letra E mesmo. A seismonastia (ou sismonastia) é o termo usado para designar o movimento de fechamento dos folíolos da dormideira quando a planta é tocada.

      Resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.