Questões do Enem sobre População Brasileira

1)  (Enem PPL 2020) A pirâmide de formato triangular da década de 1970 foi dando lugar a uma pirâmide mais retangular de base mais estreita e topo mais largo. Em 1991, a população de 0 a 14 anos correspondia a 34,7% da população brasileira, tendo passado para 24,1% em 2010. A população em idade ativa, entre 15 e 59 anos, por sua vez, passou de 58,0% a 65,1% no mesmo período.

IBGE. Brasil em números. Rio de Janeiro: IBGE, 2014.

As alterações no perfil demográfico brasileiro, descritas no texto, trouxeram como consequência socioeconômica o(a):

a) aumento da mortalidade infantil.
b) crescimento das desigualdades regionais.
c) redução dos gastos na educação superior.
d) restrição no atendimento público hospitalar.
e) expansão na demanda por ocupações laborais.

2) (Enem Digital 2020) A redução do valor da aposentadoria se deve ao fator previdenciário, mecanismo utilizado pelo INSS para tentar adiar a aposentadoria dos trabalhadores mais jovens, penalizando quem se aposenta mais cedo, já que esse segurado, teoricamente, vai receber o benefício por mais tempo.

RESENDE, T. Disponível em: http://ieprev.com.br. Acesso em: 25 out. 2015 (adaptado).

Políticas previdenciárias como a apresentada no texto têm sido justificadas com base na dinâmica populacional de aumento da:

a) fuga de cérebros.
b) taxa de natalidade.
c) expectativa de vida.
d) proporção de adultos.
e) imigração de refugiados.

3) (Enem 2020) As estatísticas mais recentes do Brasil rural revelam um paradoxo que interessa a toda sociedade: o emprego de natureza agrícola definha em praticamente todo o país, mas a população residente no campo voltou a crescer; ou pelo menos parou de cair. Esses sinais trocados sugerem que a dinâmica agrícola, embora fundamental, já não determina sozinha os rumos da demografia no campo. Esse novo cenário é explicado em parte pelo incremento do emprego não agrícola no campo. Ao mesmo tempo, aumentou a massa de desempregados, inativos e aposentados que mantêm residência rural.

SILVA, J.G. Velhos e novos mitos do rural brasileiro. Estudos Avançados, n. 43, dez. 2001.

Sobre o espaço brasileiro, o texto apresenta argumentos que refletem a

a) heterogeneidade do modo de vida agrário.
b) redução do fluxo populacional nas cidades.
c) correlação entre força de trabalho e migração sazonal.
d) indissociabilidade entre local de moradia e acesso à renda.
e) desregulamentação das propriedades nas zonas de fronteira.

Resolução das Questões do Enem sobre População brasileira

1) O aumento da porcentagem da população em idade ativa verificado no Brasil no período indicado resulta em aumento da oferta de indivíduos disponíveis ao trabalho.
Resp.: E

2) Com o aumento da expectativa de vida, maior é a população de idosos e maiores serão os gastos da previdência. Alterações nas políticas previdenciárias e na legislação sobre tempo de trabalho e aposentadorias são comuns em países onde isso ocorre.
Resp.: C

3) O texto se refere a heterogeneidade do modo de vida no campo, uma vez que descreve a questão das novas práticas do campo moderno, que exigem menos mão de obra, gerando desemprego no campo, mas ao mesmo tempo gera um fluxo maior de pessoas para essa região exercendo novas atividades econômicas, como ecoturismo, hotel fazenda entre outras. Dessa forma, marca esse paradoxo do desemprego no campo versus crescimento da população rural.
Resp.: A

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.