Fuvest terá mudanças no Vestibular 2023

A Universidade de São Paulo (USP) divulgou, na última sexta-feira, 24 de junho, que o Conselho de Graduação aprovou, no dia 23, importantes mudanças para o Vestibular 2023 realizado pela Fundação Universitária para o Vestibular (Fuvest).

As três mudanças são:

1) obrigatoriedade de apresentação do passaporte vacinal, com esquema de vacinação completo e doses de reforço para calouros;

2) alterações na forma de classificação dos aprovados; e

3) implementação de comissão responsável pela verificação de candidatos autodeclarados que concorrerem às vagas destinadas a pretos, partos e indígenas (PPI), antes da confirmação da matrícula.

Essas mudanças são válidas para todas as pessoas que concorrerem a uma das 8.230 vagas oferecidas pela edição de 2023 do Vestibular. Em relação ao processo seletivo pelo Sistema de Seleção Unificada (SiSU), que utiliza as notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) para classificação dos candidatos, não houve alterações. Esta modalidade irá ofertar 2.917 vagas.

Quanto à forma de classificação, todos os candidatos serão classificados de acordo com sua nota no vestibular. Assim, primeiramente serão preenchidas as vagas de Ampla Concorrência (AC). Em seguida, serão preenchidas as vagas destinadas à Política de Ação Afirmativa Escola Pública e, depois, as vagas para PPI. Essa medida possibilita maior inclusão de alunos pertencentes a outras categorias, uma vez que, caso apresentem uma nota que os classifique em AC, não irão ocupar uma vaga destinada a estudantes de escola pública ou PPI.

A implementação de uma comissão para verificar a autodeclaração do candidato PPI tem o objetivo de identificar possíveis casos de fraude antes de haver a confirmação da matrícula. A composição dessa comissão e os critérios para a verificação ainda não foram definidos e serão determinados pelo Conselho de Inclusão e Pertencimento da USP.

Pedidos de isenção de taxa vão até 15 de julho

A Fuvest está com inscrições abertas para o pedido de isenção ou redução na taxa do Vestibular 2023. O prazo vai até 15 de julho.

Os interessados podem requerer a isenção do valor ou a redução de 50% concedida pela Conselho Curador da Fuvest ou conforme a Lei Estadual 12.782/2007.

É necessário que o requerente tenha cursado o Ensino Médio integralmente em escola pública e apresente renda mensal de no máximo R$1.818 (mil oitocentos e dezoito reais) por pessoa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.